Blog de Notícias de PETROPOLIS








Aves ameaçadas de extinção são apreendidas em Petrópolis

PRF e ICMBio recolheram os animais em Caxambu, zona rural do município da Região Serrana. Ocorrência está na 105ª DP Rio - Um agricultor de 41 anos foi multado, nesta quinta-feira, por fiscais da Polícia Rodoviária Federal (PF) e Instituto Chico ...

Audiência Pública em Petrópolis, RJ, vai discutir a discriminação LGBT

A Câmara dos vereadores de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, vai discutir, nesta segunda-feira (30), a partir das 19h, o combate à discriminaçã ;o de Lésbicas, Gays e Bissexuais e Transgêneros (LGBT). A audiência pública irá tratar da ...

Ana Cañas é a atração desta sexta-feira em Petrópolis

A noite desta sexta-feira (27) promete ser animada com o show da cantora Ana Canãs que sobe a Serra de Petrópolis , na Região Serrana do Rio, para apresentar o show “Coraç&atild e;o Inevitável” no palco do The…

Obra altera horário de atendimento no Instituto da Mulher em Petrópolis, RJ

Foi reduzido em meio período o horário de atendimento no Instituto da Mulher, da Criança e do Adolescente, localizado no velho Centro de Saúde de Petrópolis, na Região Serrana do Rio. A unidade está funcionando de 8h às 12h. A mudança é para ...

Inscrição é prorrogada para 'Cãorrida e Cãominhada' em Petrópolis

Evento quer promover a socializaçã o entre cães edonos (Foto: Wagner Varela/Secom-PB)Foi prorrogado para o dia 1º de abril o prazo das inscrições para a corrida e caminhada inédita de cães e donos em P…

Congresso de médicos é efetuado em Petrópolis

Petrópolis (RJ) - A saúde vai estar em debate em Petrópolis, na Região Serrana, de hoje ao próximo sábado (28), no 1º Congresso da Academia de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Acamerj). O encontro acontece na Faculdade de Medicina de ...

Inscrição é prorrogada para 'Cãorrida e Cãominhada' em Petrópolis

Evento quer promover a socializaçã o entre cães edonos (Foto: Wagner Varela/Secom-PB)Foi prorrogado para o dia 1º de abril o prazo das inscrições para a corrida e caminhada inédita de cães e donos em P…

Inscrição é prorrogada para 'Cãorrida e Cãominhada' em Petrópolis

Evento quer promover a socializaçã o entre cães edonos (Foto: Wagner Varela/Secom-PB)Foi prorrogado para o dia 1º de abril o prazo das inscrições para a corrida e caminhada inédita de cães e donos em P…

Inscrição é prorrogada para 'Cãorrida e Cãominhada' em Petrópolis

Evento quer promover a socializaçã o entre cães edonos (Foto: Wagner Varela/Secom-PB)Foi prorrogado para o dia 1º de abril o prazo das inscrições para a corrida e caminhada inédita de cães e donos em P…

Inscrição é prorrogada para 'Cãorrida e Cãominhada' em Petrópolis

Evento quer promover a socializaçã o entre cães edonos (Foto: Wagner Varela/Secom-PB)Foi prorrogado para o dia 1º de abril o prazo das inscrições para a corrida e caminhada inédita de cães e donos em P…

Inscrição é prorrogada para 'Cãorrida e Cãominhada' em Petrópolis

Evento quer promover a socializaçã o entre cães edonos (Foto: Wagner Varela/Secom-PB)Foi prorrogado para o dia 1º de abril o prazo das inscrições para a corrida e caminhada inédita de cães e donos em P…

Inscrição é prorrogada para 'Cãorrida e Cãominhada' em Petrópolis

Evento quer promover a socializaçã o entre cães edonos (Foto: Wagner Varela/Secom-PB)Foi prorrogado para o dia 1º de abril o prazo das inscrições para a corrida e caminhada inédita de cães e donos em P…

Carro da PM é incendiado em Natal; polícia reforça efetivo nas ruas

Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE …

Últimas notícias de PETROPOLIS RJ:

 Congresso de médicos é efetuado em Petrópolis Petrópolis (RJ) - A saúde vai estar em debate em Petrópolis, na Região Serrana, de hoje ao próximo sábado (28), no 1º Congresso da Academia de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Acamerj). O encontro acontece na Faculdade de Medicina de ...

FMP/Fase sedia 1º Congresso da Academia de Medicina do RJ De 26 a 28 de março 2015, a Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP/Fase) sediará o 1º Congresso da Academia de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Acamerj). O encontro é uma oportunidade para profissionais de saúde reciclarem os conhecimentos nas ...

PETROPOLIS RJ tspan:3m PETROPOLIS RJ


Corpo de Bombeiros do RJ lança edital com salário de quase R$ 3 mil O CBMERJ (Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro) lançou edital para contratação de 300 pessoas, além de formação de cadastro reserva, para o cargo de guarda-vidas. Para se candidatar é necessário nível médio completo. Os ...

de Petrópolis entre os dez melhores A Stock Car deu início a sua temporada 2015 e as equipes de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, entraram de cabeça na largada, em Goiânia, que aconteceu na manhã deste domingo (22). Quatro pilotos de grupos da localidade serrana ficaram ...

Museus brasileiros participam de campanha mundial em redes sociais Até o próximo domingo, museus de diversas cidades brasileiras, como Rio de Janeiro (RJ), Petrópolis (RJ), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG) e Brodowski (SP), participam da campanha mundial #MuseumWeek para promover intercâmbio online e ...

Operação apreende aves ameaçadas de extinção em Petrópolis (RJ) Aves de diversas espécies, algumas ameaçadas de extinção, foram apreendidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no periodo de a Operação Temática de Combate aos Crimes Ambientais (OTECCA). A iniciativa foi deflagrada em parceria com o Instituto Chico ...

Senna ganha estátua de cera "perfeita" em dia de aniversário No dia em que completaria 55 anos de idade, Ayrton Senna vai virar atração turística em Petrópolis, no Rio de Janeiro. Uma estátua do tricampeão mundial de F1 entrará em exposição no Museu de Cera da cidade neste sábado, 21 de março, data de ...





Siga-nos e receba notícias e assuntos de interesse das cidades

Cuidados com a nova conta de luz em PETROPOLIS

Em 2001 o Brasil passou por um racionamento de energia. Quem dava festa era obrigado a alugar gerador para não correr risco de deixar os convidados no escuro. Em noites normais, algumas famílias deixavam de acender lâmpadas, optando por lanternas ou lampiões. Outras aposentaram o chuveiro elétrico e instalaram aquecimento solar.

Catorze anos depois, o fornecimento de energia volta a preocupar. O primeiro alerta veio nas contas de luz. Além de valores mais altos, elas passaram a trazer o sistema de bandeiras tarifárias, que indicam a cobrança ou não de taxa adicional em função das condições da geração de eletricidade no país (leia texto no canto superior direito).

Ontem passou a valer a revisão extraordinária das tarifas, com aumento de 23,4% nas contas de energia, em média. Ao todo, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou o reajuste das tarifas de 58 das 63 distribuidoras de energia do país. Para os consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, a alta é de 28,7%, na média — 4,5 vezes maior que a aplicada para aqueles que vivem em estados do Norte e Nordeste, que será de 5,5%, também na média.

Essa revisão tarifária extraordinária, que independe dos reajustes anuais, é uma possibilidade prevista nos contratos de concessão das distribuidoras para manter o equilíbrio econômico-financeiro do contrato quando as empresas não têm fôlego financeiro para esperar os aumentos normais.

As hidrelétricas têm obrigação contratual de fornecer uma quantidade definida de energia. Caso não consigam gerar o montante com que se comprometeram, devem comprar a diferença. Com a seca, o custo da energia no mercado de curto prazo subiu muito além do preço final de venda ao consumidor.

— As distribuidoras estão comprando por um preço mais alto e vendendo por um preço mais baixo. O prejuízo é grande — explicou o consultor do Senado para a área de minas e energia Luiz Alberto Bustamante.

Reservatórios

Principal fonte de energia do país, as hidrelétricas existentes estão com os reservatórios muito baixos pela falta de chuvas. E a construção de novas usinas encontrou a resistência de setores da sociedade contrários à inundação de locais tomados pelas águas represadas.

Além disso, os leilões de energia feitos para as distribuidoras atenderem seus clientes não surtiram o efeito desejado. Como consequência, elas precisaram comprar energia cara no mercado de curto prazo, o que reflete na conta de luz.

— O custo é elevado, mas foi baixo durante muito tempo — diz o senador Edison Lobão (PMDB-MA), que foi ministro de Minas e Energia no governo Lula e durante o primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff. Para ele, o que está acontecendo é uma readequação dos preços.

Lobão ressalta a importância da Medida Provisória (MP) 579/2013, que tratava da concessão dos serviços de geração, transmissão e distribuição de energia, com o objetivo de reduzir a conta de luz para os consumidores finais. Segundo ele, se a MP não tivesse sido editada na época, a conta para o cidadão estaria hoje muito mais elevada (saiba mais no texto ao lado).

[13]




Saiba quanto custa financiar pela Caixa em PETROPOLIS ?

A Caixa Econômica Federal lançou o novo simulador de financiamento habitacional. A nova ferramenta está disponível no site do banco (www.caixa.gov.br). Segundo a Caixa, o leiaute, mais simples e intuitivo, facilita o preenchimento dos dados e agiliza a resposta ao usuário.

Outro diferencial é a opção de iniciar a simulação a partir da capacidade de pagamento. Com o preenchimento de apenas quatro campos, o novo simulador calcula o valor máximo de financiamento que o cliente pode tomar, bem como o valor máximo de prestação que ele pode assumir. Caso prefira, o cliente pode ir direto para a simulação completa.

Em seguida o simulador apresenta sugestões de valores de financiamento e prazos compatíveis com este comprometimento mensal, auxiliando o cliente a definir o valor do imóvel a ser adquirido.

Após escolher o valor e o prazo, basta o cliente confirmar o tipo e local do imóvel que deseja financiar, e inserir dados como: data de nascimento do proponente de maior idade; tempo de serviço, se tiver mais de três anos de trabalho sob regime do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS); e se já foi beneficiado com algum subsídio da União. Não é necessário reinserir os dados que já foram informados no início da simulação.

Para o vice-presidente de Habitação do banco, José Urbano Duarte, o novo simulador contribui para uma melhor experiência do cliente nos processos de compra e financiamento do imóvel. “O novo simulador inaugura uma nova forma de interação do cliente com o crédito imobiliário, uma vez que é mais intuitivo e possui uma interface mais amigável e atual, além de permitir uma resposta imediata a uma primeira necessidade do cliente, ao buscar um simulador: quanto posso financiar na Caixa?”, explica.

As novas funcionalidades foram desenvolvidas com base em pesquisa, realizada em sites de bancos nacionais e internacionais. As principais facilidades incorporadas estão focadas na expectativa do cliente ao buscar um simulador de financiamento, reforçando a transparência e a simplicidade no atendimento. [34]



Audiência Pública em Petrópolis, RJ, vai discutir a discriminação LGBT


A Câmara dos vereadores de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, vai discutir, nesta segunda-feira (30), a partir das 19h, o combate à discriminaçã ;o de Lésbicas, Gays e Bissexuais e Transgêneros (LGBT). A audiência pública irá tratar da ...



Obra altera horário de atendimento no Instituto da Mulher em Petrópolis, RJ


Foi reduzido em meio período o horário de atendimento no Instituto da Mulher, da Criança e do Adolescente, localizado no velho Centro de Saúde de Petrópolis, na Região Serrana do Rio. A unidade está funcionando de 8h às 12h. A mudança é para ...
Congresso de médicos é efetuado em Petrópolis Petrópolis (RJ) - A saúde vai estar em debate em Petrópolis, na Região Serrana, de hoje ao próximo sábado (28), no 1º Congresso da Academia de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Acamerj). O encontro acontece na Faculdade de Medicina de ...
FMP/Fase sedia 1º Congresso da Academia de Medicina do RJ De 26 a 28 de março 2015, a Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP/Fase) sediará o 1º Congresso da Academia de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Acamerj). O encontro é uma oportunidade para profissionais de saúde reciclarem os conhecimentos nas ...
Corpo de Bombeiros do RJ lança edital com salário de quase R$ 3 mil O CBMERJ (Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro) lançou edital para contratação de 300 pessoas, além de formação de cadastro reserva, para o cargo de guarda-vidas. Para se candidatar é necessário nível médio completo. Os ...
de Petrópolis entre os dez melhores A Stock Car deu início a sua temporada 2015 e as equipes de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, entraram de cabeça na largada, em Goiânia, que aconteceu na manhã deste domingo (22). Quatro pilotos de grupos da localidade serrana ficaram ...

Cuidados com a nova conta de luz em PETROPOLIS

Em 2001 o Brasil passou por um racionamento de energia. Quem dava festa era obrigado a alugar gerador para não correr risco de deixar os convidados no escuro. Em noites normais, algumas famílias deixavam de acender lâmpadas, optando por lanternas ou lampiões. Outras aposentaram o chuveiro elétrico e instalaram aquecimento solar.

Catorze anos depois, o fornecimento de energia volta a preocupar. O primeiro alerta veio nas contas de luz. Além de valores mais altos, elas passaram a trazer o sistema de bandeiras tarifárias, que indicam a cobrança ou não de taxa adicional em função das condições da geração de eletricidade no país (leia texto no canto superior direito).

Ontem passou a valer a revisão extraordinária das tarifas, com aumento de 23,4% nas contas de energia, em média. Ao todo, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou o reajuste das tarifas de 58 das 63 distribuidoras de energia do país. Para os consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, a alta é de 28,7%, na média — 4,5 vezes maior que a aplicada para aqueles que vivem em estados do Norte e Nordeste, que será de 5,5%, também na média.

Essa revisão tarifária extraordinária, que independe dos reajustes anuais, é uma possibilidade prevista nos contratos de concessão das distribuidoras para manter o equilíbrio econômico-financeiro do contrato quando as empresas não têm fôlego financeiro para esperar os aumentos normais.

As hidrelétricas têm obrigação contratual de fornecer uma quantidade definida de energia. Caso não consigam gerar o montante com que se comprometeram, devem comprar a diferença. Com a seca, o custo da energia no mercado de curto prazo subiu muito além do preço final de venda ao consumidor.

— As distribuidoras estão comprando por um preço mais alto e vendendo por um preço mais baixo. O prejuízo é grande — explicou o consultor do Senado para a área de minas e energia Luiz Alberto Bustamante.

Reservatórios

Principal fonte de energia do país, as hidrelétricas existentes estão com os reservatórios muito baixos pela falta de chuvas. E a construção de novas usinas encontrou a resistência de setores da sociedade contrários à inundação de locais tomados pelas águas represadas.

Além disso, os leilões de energia feitos para as distribuidoras atenderem seus clientes não surtiram o efeito desejado. Como consequência, elas precisaram comprar energia cara no mercado de curto prazo, o que reflete na conta de luz.

— O custo é elevado, mas foi baixo durante muito tempo — diz o senador Edison Lobão (PMDB-MA), que foi ministro de Minas e Energia no governo Lula e durante o primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff. Para ele, o que está acontecendo é uma readequação dos preços.

Lobão ressalta a importância da Medida Provisória (MP) 579/2013, que tratava da concessão dos serviços de geração, transmissão e distribuição de energia, com o objetivo de reduzir a conta de luz para os consumidores finais. Segundo ele, se a MP não tivesse sido editada na época, a conta para o cidadão estaria hoje muito mais elevada (saiba mais no texto ao lado).

[13]

Olho Vivo com a corrupção em PETROPOLIS

O programa Olho Vivo no Dinheiro Público existe desde setembro de 2003 e foi criado por meio de parceria entre a Controladoria-Geral da União (CGU) e a organização não-governamental (ONG) Avante - Qualidade, Educação e Vida. Em princípio, o nome era Projeto de Mobilização e Capacitação de Agentes Públicos, Conselheiros Municipais e Lideranças Locais e visava orientar os agentes públicos municipais sobre práticas de transparência na gestão, a responsabilização e a necessidade do cumprimento dos dispositivos legais, bem como contribuir para o desenvolvimento e o estímulo do controle social.

A ampliação, o fortalecimento e a instrumentação do controle social são prioridades do Olho Vivo. Sua realização pode ocorrer de modo espontâneo, individualmente, no interior das associações civis e organizações não governamentais, ou por meio dos conselhos de políticas públicas instituídos por lei. Ações de estímulo ao controle social podem incrementar o trabalho dessas instituições, melhorando seus resultados.

Em sua fase atual, o programa Olho Vivo no Dinheiro Público está voltado principalmente para a capacitação dos cidadãos para o exercício do controle social dos recursos públicos, com atividades presenciais e a distância, incluindo instrução teórica e aulas práticas in loco nas áreas de saúde, educação e assistência social. Faz parte também do Olho Vivo no Dinheiro Público a criação e distribuição de questionários, cartilhas e manuais com informações sobre o exercício do controle social, inclusive abordando programas de governo específicos, como o Bolsa Família. [18]



*blogsbrasil.com - todos os direitos reservados. Selecionamos as principais notícias da cidade de PETROPOLIS RJ. Os acontecimentos políticos, acidentes de trânsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos também os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura. O trabalho jornalístico consiste em captação e tratamento escrito, oral, visual ou gráfico, da informação em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho é normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas funções e particularidades: pauta, apuração, redação e edição.A pauta é a seleção dos assuntos que serão abordados. É a etapa de escolha sobre quais indícios ou sugestões devem ser considerados para a publicação final. A apuração é o processo de averiguar informação em estado bruto (dados, nomes, números etc.). A apuração é feita com documentos e pessoas que fornecem informações, chamadas de fontes. A interação de jornalistas com suas fontes envolve freqüentemente questões de confidencialidade.A redação é o tratamento das informações apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no rádio, na TV e no cinema). A edição é a finalização do material redigido em produto de comunicação, hierarquizando e coordenando o conteúdo de informações na forma final em que será apresentado. Muitas vezes, é a edição que confere sentido geral às informações coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edição consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espaço de impressão pré-definido. A diagramação é a disposição gráfica do conteúdo e faz parte da edição de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locução, o que no telejornalismo ganha o adicional da edição de imagens em movimento. Tags: Últimas Notícias, PETROPOLIS RJ, Cidade, Interior, Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado, Domingo, Carro, Eleições, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Eleições, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Aniversário, Prêmio, Mês, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora, Mulher, Homem, Família, Criança, Portal,Pessoas, Como saber, Site, Blog, Diário,Protesto,Inauguração, Cassação, Cassado, Show, Apresentação, Espetáculo, Fotos, Vídeos, Imagens, Previsão, Caminhão, Vítimas, Situação, Oposição, Eleições, Enquete, Votos, Apuração, Trânsito, Operação, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos, NEWS LATEST LOCAL NEWSPAPPER.